Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Betim - MG e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Prefeitura Municipal de Betim - MG
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Linkedin
Rede Social Youtube
Rede Social WhatsApp
Rede Social Twitter
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
OUT
11
11 OUT 2022
SAÚDE
Beneficiários do Auxílio Brasil devem fazer acompanhamento das condicionalidades de saúde para garantir permanência no programa
enviar para um amigo
receba notícias
Está aberto o período para que os beneficiários do Programa Auxílio Brasil (PAB) façam o acompanhamento das suas condicionalidades de saúde. Até 19 de dezembro, crianças de 0 a 7 anos, mulheres de 14 a 44 anos e gestantes de famílias que recebem o benefício devem comparecer à Unidade Básica de Saúde de referência para fazer a atualização cadastral e da sua situação de saúde. O acompanhamento das condicionalidades é obrigatório e quem não comparecer poderá ter o benefício bloqueado ou cancelado. 

As condicionalidades são compromissos referentes à saúde e educação assumidos por quem é contemplado pelo auxílio e, por isso, devem ser cumpridas para permanência no programa. O acompanhamento das mesmas busca garantir a oferta das ações básicas de saúde, educação e assistência social, potencializando a melhoria da qualidade de vida das famílias e contribuindo para sua inclusão social. 

Segundo a referência do Programa Auxílio Brasil no município, Ingrid Werneck, “o acompanhamento nutricional das crianças e gestantes é uma condição imprescindível para a Vigilância Alimentar Nutricional desses beneficiários, pois se trata de um grupo com maior risco para a dupla carga de má nutrição. Qualquer desvio ou risco nutricional verificado no acompanhamento das condicionalidades de saúde requer o trabalho das equipes da Atenção Primária para garantir o cuidado e a atenção nutricional.”

As crianças de 0 a 7 anos de idade devem ter seu estado nutricional monitorado, com a realização de avaliação antropométrica (aferição de peso e altura). A situação vacinal, que deve estar atualizada conforme o Calendário Nacional de Vacinação, de cada uma também deve ser monitorada. As gestantes devem estar com o pré-natal em dia, com informações como a semana gestacional e a data da última menstruação atualizadas. As mulheres de 14 a 44 anos têm o acompanhamento de sua saúde de modo geral.
Seta
Versão do Sistema: 3.4.0 - 05/02/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia