Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Betim - MG e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura Municipal de Betim - MG
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Linkedin
Rede Social Youtube
Rede Social WhatsApp
Rede Social Twitter
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
AGO
16
16 AGO 2022
ASSISTÊNCIA SOCIAL
Betim sedia seminário para discutir avanços e desafios nas políticas públicas para população em situação de rua na RMBH
enviar para um amigo
receba notícias
                                                                                                        Evento vai marcar o Dia Nacional de Luta da População em Situação de Rua, 19 de agosto

A Prefeitura de Betim, por meio da Secretaria de Assistência Social (Semas), realizará na próxima sexta-feira (19), o seminário: As Políticas Públicas voltadas para a População em Situação de Rua na Região Metropolitana de Belo Horizonte: Avanços e Desafios. O objetivo é discutir novas estratégias de ação governamental para este segmento da sociedade. O evento será realizado no ensejo do Dia Nacional de Luta da População em Situação de Rua.

A proposta da Prefeitura de Betim vai além da discussão sobre as especificidades do município: secretários de Assistência Social de 15 municípios da grande Belo Horizonte e representantes da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese) e da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte (Granbel) foram convidados para essa que será a terceira que o município sedia o evento. 

Para o Gestor do Sistema Único de Assistência Social (Suas), da Semas, Tarcísio Pimentel, é urgente e necessário uma discussão sobre as políticas públicas voltadas para a população em situação de rua, saber como estão essas pessoas e sobre a violência que existe nesse meio, enfim, o evento é importante para que haja menos invisibilidade e mais propostas.

A discussão, para Tarcísio Pimentel, acontece num momento em que essa população aumenta em todo o país: “Esse fenômeno está acontecendo no Brasil inteiro e não é diferente em Betim. Atualmente, em nosso município estão aproximadamente 120 pessoas em situação de rua. Aqui nós temos diversos equipamentos para amenizar o sofrimento dessa população, como o Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro Pop), que funciona de segunda a sexta-feira, das 07h às 21h; aos sábados, das 08h às 13h. Durante períodos com temperaturas muito baixas e/ou chuvosos, uma equipe faz abordagens durante a noite. No Centro Pop, nós oferecemos banho e café da manhã e, inclusive, temos uma equipe técnica com assistentes sociais, psicólogos e também advogados para lidarem com as demandas relacionadas às pessoas que lá chegam. Nós temos também a CadPop, uma carteira personalizada, determinada por lei municipal, e garante a alimentação no nosso restaurante popular e a identificação da pessoa em situação de rua nos locais públicos do município. Temos, ainda, o Serviço Especializado da Abordagem Social (Seas) que faz  abordagem na busca ativa das pessoas que se encontram em situação de rua no município de Betim", enfatiza Pimentel. 

No Albergue Vitor Braighi, mantido pela Semas, em parceria com a Associação de Proteção à Maternidade, Infância e Velhice (Apromiv), a acolhida é voltada para o trecheiro e para o migrante. 

Há, ainda, uma parceria com a Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Centro de Atenção Psicossocial – Álcool e Drogas (Caps AD), e a Superintendência de Políticas sobre Drogas, que possibilita, aos que necessitam, a oferta de tratamento em comunidades terapêuticas. 

Importante destacar também outros parceiros que contribuem com esse trabalho voltado para a população em situação de rua, como a Pastoral de Rua, que ajuda com alimentação, cobertores, agasalhos, junto às doações arrecadadas em campanhas que são promovidas em parceria entre a Semas e a Defesa Civil.

Desafios

Em Betim, como em todo o Brasil, há ainda um agravante na situação da população em situação de rua: os vícios – drogas e alcoolismo. “Além de todo esse trabalho e cuidado que temos com essa população, pois nossa intenção é que aqui eles saiam desse contexto e retornem para suas famílias, o que vemos é que muitos dos que estão nas ruas não têm o desejo de sair delas. É que dentro dos nossos equipamentos eles não podem usar drogas e, por isso, muitos preferem continuar nas ruas”, conta o gestor do Suas.  

No 3° Seminário da População em Situação de Rua de Betim participarão representantes de Belo Horizonte, Brumadinho, Contagem, Esmeraldas, Florestal, Ibirité, Igarapé, Juatuba, Mário Campos, Mateus Leme, Ribeirão das Neves, São Joaquim de Bicas, Sarzedo, Vespasiano, além de Betim, e também da Sedese e Granbel. 

O Dia Nacional

O Dia Nacional de Luta da População em Situação de Rua é comemorado no dia 19 de agosto porque foi nesse dia que aconteceu o “Massacre da Sé”, em 2004, quando sete pessoas foram assassinadas e oito ficaram gravemente feridas enquanto dormiam na região da Praça da Sé, em São Paulo. Este fato desencadeou o início da mobilização de grupos para construção do Movimento Nacional da População de Rua, em uma contínua luta pela garantia de direitos.


SERVIÇO:
3º Seminário da População em situação de rua de Betim - As políticas públicas para a população em situação de rua na Região Metropolitana de BH: avanços e desafios
Dia: 19.08.2022
Horário: 08h às 12h
Local: Auditório do Instituto de Previdência Social do Município de Betim (Ipremb) Praça José Lino da Silva, 15 - 6° andar - Brasileia - Betim
Seta
Versão do Sistema: 3.2.10 - 11/01/2023
Copyright Instar - 2006-2023. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia