Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Betim - MG e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Prefeitura Municipal de Betim - MG
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Linkedin
Rede Social Youtube
Rede Social WhatsApp
Rede Social Twitter
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JUN
02
02 JUN 2024
SAÚDE
Betim inicia vacinação contra a covid-19 com novo imunizante que protege contra a subvariante ômicron XBB 1.5
enviar para um amigo
receba notícias
A Prefeitura de Betim inicia, na próxima terça-feira (28), a aplicação da nova vacina monovalente contra a covid-19, da fabricante Moderna, atualizada para proteger contra a subvariante ômicron XBB 1.5 do coronavírus SARS-CoV-2. O município recebe, nesta quinta(23), o primeiro lote com 4.180 doses do imunizante, enviado pelo Ministério da Saúde, para começar a imunização. A vacina estará disponível em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do município, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, e no Vacimóvel, conforme programação semanal. 

Poderão receber a dose de reforço as pessoas com idade acima de 5 anos que fazem parte dos grupos prioritários (veja lista abaixo), independentemente do número de doses de vacinas contra a covid-19 já recebidas anteriormente. As crianças de 6 meses a 4 anos também devem receber o novo imunizante na rotina do Calendário Nacional de Vacinação. 

As pessoas com mais de 60 anos, as imunocomprometidas, as gestantes e as puérperas devem receber uma dose de reforço da vacina a cada seis meses. Já para os outros grupos prioritários o reforço é anual. Vale ressaltar que todos os grupos prioritários devem receber a nova vacina monovalente com um intervalo de pelo menos três meses da última dose de imunizante contra a covid-19 administrada. Além disso, a pessoa não pode ter contraído covid-19 com início de sintomas nos últimos 30 dias. 

No momento da vacinação, o cidadão deve apresentar um documento de identidade, o CPF, o cartão de vacinas e um documento que comprove a situação de prioridade.  

A nova vacina monovalente contra a covid-19 teve o registro aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em março de 2024 e vai substituir todas as vacinas contra a doença que estavam sendo utilizadas no SUS. “A vacina é segura e é a melhor forma de prevenir o agravamento do quadro de saúde das pessoas infectadas, principalmente das que pertencem aos grupos prioritários, que são mais vulneráveis ao vírus”, afirma a diretora de Vigilância em Saúde de Betim, Fábia Ariane e Fonseca. 

Vacinação Infantil
O imunizante contra a covid-19 foi incorporado ao Calendário Nacional de Vacinação da Criança em janeiro deste ano. Devem receber a nova vacina monovalente as crianças de 6 meses a 4 anos ainda não vacinadas. O esquema primário é de duas doses, com intervalo de quatro semanas entre elas. As crianças que foram imunizadas com a Pfizer Baby também devem tomar uma dose do novo imunizante após a avaliação das doses já aplicadas.

No momento da vacinação, a criança deve estar acompanhada de um dos pais ou do responsável, que deve apresentar um documento de identificação, além dos documentos da criança: identidade e cartão de vacinas. Caso o acompanhamento seja por terceiros, é necessário apresentar o termo de autorização para vacinação devidamente preenchido e assinado pelos pais ou responsável.

Grupos Prioritários
  • Pessoas com 60 anos ou mais;
  • pessoas imunocomprometidas; 
  • gestantes e puérperas; 
  • pessoas vivendo em instituições de longa permanência (ILPI e RI) e seus trabalhadores;
  • indígenas;
  • ribeirinhos;
  • quilombolas;
  • trabalhadores da saúde;
  • pessoas com deficiência permanente;
  • pessoas com comorbidades;
  • pessoas privadas de liberdade (≥ 18 anos);
  • funcionários do sistema de privação de liberdade;
  • adolescentes e jovens que cumprem medidas socioeducativas;
  • pessoas em situação de rua.
Seta
Versão do Sistema: 3.4.1 - 29/04/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia