Prefeitura de Betim IPTU 2015
Webmail PMB
Contracheque
Cadastro Habitação
Licitações
Portal do Contribuinte
Ouvidoria
Mapa Online
Consulta Protocolo
Cadastro de Estagiário
Notícias . 14/03/2017
25 de março. Dia Mundial de Combate à Tuberculose
 

Sobre a doença
 
A tuberculose é uma doença altamente contagiosa que pode matar, se não for tratada da forma correta. Ela é causada por bactéria e afeta principalmente os pulmões. Qualquer pessoa pode adoecer por tuberculose. Entretanto, há maior número de doentes na população que vive em condições precárias de vida.
 
Pessoas portadoras de outras doenças, como diabetes, Aids, câncer, alcoolismo e tabagismo, por apresentarem baixa resistência, também têm um risco maior de adoecer por tuberculose.
 
Segundo estimativas da Organização Mundial de Saúde (OMS), um terço da população mundial está infectada pelo
Mycobacterium tuberculosis e em risco de desenvolver a doença. Há cerca de 8,8 milhões de doentes e 1,1 milhões de mortes por ano no mundo.
 
Segundo dados do Ministério da Saúde, anualmente são notificados aproximadamente 70.000 novos casos da doença no Brasil, que ocupa o 17º lugar entre os 22 países responsáveis por 80% do total de casos de tuberculose no mundo. Embora seja uma doença passível de ser prevenida, tratada e mesmo curada, ainda mata cerca de 4,7 mil pessoas todos os anos no Brasil.
 
Sintomas
 
O sintoma inicial da doença é a tosse por mais de três semanas, com ou sem a presença de catarro. Em casos mais avançados, ocorre tosse com a presença de secreção, febre no fim do dia, suor noturno, falta de apetite, perda de peso, cansaço e dor no peito .
 
 
Transmissão
 
A tuberculose é transmitida pelo contato direto com o doente, através da inalação de gotículas de saliva expelidas no ar ao falar, espirrar ou tossir. É recomendado evitar ambientes fechados, mal ventilados e sem iluminação solar, pois favorecem a transmissão da doença. Crianças devem receber a vacina BCG que protege contra a tuberculose no primeiro ano de vida, ou no máximo, até os quatro anos de idade.
 
Cada paciente com tuberculose pulmonar que não se trata pode infectar, em média, de 10 a 15 pessoas por ano ¿ geralmente pessoas do mesmo convívio social.
 
O controle da tuberculose é baseado na busca de casos, diagnóstico precoce e adequado e tratamento até a cura para interromper a cadeia de transmissão e evitar adoecimentos. A melhor forma de prevenir a transmissão da doença é fazer o diagnóstico precoce e iniciar o tratamento adequado o mais rápido possível.   
  
   
Tratamento
 
A tuberculose tem cura e o tratamento, realizado com medicação, não deve ser abandonado pelo paciente. Todos os pacientes que seguem o tratamento corretamente são curados.
 
O diagnóstico e o todo o tratamento é realizado gratuitamente pelo SUS. E m caso de sintomas ou de contato com pessoas doentes, basta procurar uma Unidade Básica de Saúde para atendimento e orientação da equipe.  

     
Resolução recomendada: 1024x768
Última Atualização: Quarta-feira, 29 de Março de 2017 às 18:48:11


PREFEITURA DE BETIM
Rua Pará de Minas, 640 • Brasiléia • Betim-MG • CEP. 32.600-412 • Tel.: (31) 3512-3444 • 3512-3000
Horário de funcionamento: 10h00 às 17h00
 
português